Come Voglio (tradução)

Original


Zero Assoluto

Compositor: D. Pao / Di M. Maffucci / E. Sognato / T. De Gasperi

(Matteo) Transformar o vinho tinto que molha meus pensamentos,
O sabor do sushi que me persegue desde ontem
Aquelaa torta de maçã que pesa por um longo tempo
Achamos que o inverno vem à mente

Quantas noites as luzes apagadas, as discussões sobre o sofá
Lareira, um vidro, as emoções
Escolha a música no carro e vá
Nos veja esta noite, amanhã ou talvez nunca

Você sabe que se eu tentar te dizer que você me assusta,
Eu não entendo o que eu quero quando você está mais segura
Não sei porquê, mas às vezes,
Jogo com as portas da sorte abertas no fundo do destino

É como se eu pudesse me encontrar sempre à beira
Do equilíbrio constante, entre o trivial e o estilete
Eu fico animado da mesma forma,
Sempre aquela mesma voz que eu perco novamente

Eu não sei o que eu quero, não sei,
Indeciso sobre o que fazer
Finalmente decidirei como vou apenas ser descoberto

Rit. (Thomas)
Todos os sonhos que farei...
Como muitos tiros prenderei...
Onde e como faço para ir...
Eu trarei eles comigo

Os sorrisos que você me dá...
Tudo aquilo que eu quero...
Onde e como faço para ir...
Eu trarei eles comigo

Se eu vou cometer erros
Se eu contrar mais amores
Se eles perderem, eles me econtrarão
No início de um dia...

Se tantos passos não farão
Se mais amores estiverem errados
Se eles perderem irão me encontrar
No início de um dia...

(Matteo) Hoje descanso em um estado de paz de espírito,
Estou tentando seguir o ritmo de todos os meus pensamentos
Muito mais tempo para gastar comigo, com você
Os cobertores e o calor há

A memória desbotada de um sonho de um minuto atrás
Como eu era, quando estávamos lá
Voamos sobre a cidade

O cheiro de café flutuando no meu quarto,
Como uma isca que me liga à sua linha

A água aquece o espelho e o embaça
Sentado no chuveiro com o rádio que te encanta,
Aos pés para apreciar aquilo que me perco
Há muito tempo que estou acordado em atraso

Eu tenho muitas respostas para as perguntas que não tenho
Eu tenho muitas perguntas cujas respostas eu não sei
Como aos 13 anos que eu jogava sem regras
Quando esse amigo meu me explicou como crescer
As ruas na manhã me acompanham
As escolas que não mudaram de local
Cada um no seu lugar cada vez que eu reconheço que
As pessoas são sempre as mesmas à medida que crescem

Rit. (Thomas)
Todos os sonhos que farei...
Como muitos tiros prenderei...
Onde e como faço para ir...
Eu trarei eles comigo

Os sorrisos que você me dá...
Tudo aquilo que eu quero...
Onde e como faço para ir...
Eu trarei eles comigo

Se eu vou cometer erros
Se eu contrar mais amores
Se eles perderem, eles me econtrarão
No início de um dia...

Se eu vou cometer erros
Se eu contrar mais amores
Se eles perderem, eles me econtrarão
No início de um dia...

Para tentar entender aquilo que saberei
E tentar entender aquilo eu não sei
E tentar fazer tudo aquilo que farei
Como eu quero, como eu quero

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital