Quattro Cose (tradução)

Original


Zero Assoluto

Compositor: Não Disponível

Há alguma coisa que me falta
Mas ainda não sei o que é
Cada manhã ao espelho
Entro e me perco dentro de mim
Entendo aquilo que fiz
Metabolizo, realizo
Permaneço atento por horas
Àquilo que não percebo
Aquelas coisas da vida
Que acredito não mudarão
E se vão acontecer
Provavelmente não as esquecerei
As terei visto
No momento exato em que eu as quis
Não há regras
Que dizem se é justo ou não
O que me fica
Se renuncio às coisas que sei fazer
Deixo e depois verei
E ao limite se terei errado
Ao menos só contar

Uma (a coisa importante)
Ainda é só uma (há só uma coisa)
Aquela que não sei evitar nunca (não sei esperar)
Não sei renunciar e continuar
Uma (a coisa importante)
No fundo é só uma (há só uma coisa)
E é você, vocêêêêê

É estranho partir de novo do início
Com bons propósitos
Que nascem daqueles momentos únicos
Em uma história que você já sabe que começa mal
Se vocês sabe que basta um detalhe pra jogar tudo ao mar
Quatro coisas pra fazer voltar os contos
Quatro coisas pra fazer esquadrar o círculo
E se agora penso que tudo volta pra mim
Me rendo, conto que você me faz falta

Uma (a coisa importante)
Ainda é só uma (há só uma coisa)
Aquela que não sei evitar nunca (não sei esperar)
Não sei renunciar e continuar
Uma (a coisa importante)
No fundo é só uma (há só uma coisa)
E é você, vocêêêêê

Uma (a coisa importante)
Ainda é só uma (há só uma coisa)
Aquela que não sei evitar nunca (não sei esperar)
Não sei renunciar e continuar
Uma (a coisa importante)
No fundo é só uma (há só uma coisa)
E é você, vocêêêêê

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital